Estrela Canina – Milú (As Aventuras de Tintin)

“As Aventuras de Tintin” ainda é, para mim, um dos melhores desenhos já produzidos até hoje. Marcou minha infância de uma maneira muito gostosa, sendo o último programa que eu costumava assistir antes de ir dormir, após uma sequência de títulos memoráveis que a TV Cultura exibia todas as noites. Ainda que o herói da trama seja o Tintin, o desenho é recheado de personagens carismáticos, incluindo seu fiel escudeiro e braço direito Milú (Milou em francês), um Fox Terrier branco muito inteligente, que vira e mexe salva o protagonista de enrascadas (ou o mete em umas *rs).

O desenho, de título original em francês “Les aventures de Tintin”, começou como uma série de histórias em quadrinhos criada pelo autor belga Georges Prosper Remi, mais conhecido por seu pseudônimo Hergé. O herói das séries (Tintin) é um jovem repórter investigativo e viajante. Ele é auxiliado em suas aventuras desde o início por seu fiel cão Milu, que frequentemente “fala” com o leitor/telespectador por meio de seus pensamentos, e, por diversas vezes, é tido como mais “racional” que o próprio dono. Assim como o Capitão Haddock (outro personagem bastante corriqueiro), Milu também é bem chegadinho em um whisky Loch Lomond, e suas ocasionais “bebedeiras” e aracnofobia vivem os colocando em perigo. Os dois apareceram pela primeira vez em 10 de janeiro de 1929, no Le Petit Vingtième, um suplemento do jornal Le Vingtième Siècle destinado ao público infantil.

Esta série era publicada em semanários e, ao término de cada história, os quadrinhos eram reunidos em livros (23 no total, em 2008). Ela ganhou uma revista própria e foi adaptada para versões animadas, para o teatro e para o cinema. É uma das histórias em quadrinhos européias mais populares do século XX, foi traduzida para mais de 50 diferentes línguas e chega à invejável marca de mais de 200 milhões de cópia vendidas.

A história sofre diversas influências da Segunda Guerra Mundial e da invasão da Bélgica pelos exércitos de Hitler. Tais elementos podem ser nitidamente percebidos em alguns personagens que ocasionalmente aparecem, inclusive no formato de vilões. Se você quiser se aprofundar nas influências históricas que permeiam o desenho, acesse o link do Wikipedia http://pt.wikipedia.org/wiki/As_Aventuras_de_Tintim#Descri.C3.A7.C3.A3o que carrega um panorama bastante completo do contexto histórico.

A conclusão das aventuras de Tintim não foi realizada. Hergé morreu em 3 de março de 1983 e deixou a 24ª aventura, “Tintin e a Alph-Art“, inacabada. Entretanto, rolam rumores de uma possível produção de filmes em 3D. Em novembro de 2002, a Dreamworks comprou os direitos cinematográficos de toda a série. Em 15 de maio de 2007, Steven Spielberg e Peter Jackson oficializaram a realização de uma trilogia adaptada das histórias. De acordo com a revista Variety, a equipe de Jackson já produziu um piloto de vinte minutos como demonstração.

“As Aventuras de Tintin” ainda é, para mim, um dos melhores desenhos já produzidos até hoje. Marcou minha infância de uma maneira muito gostosa, sendo o último programa que eu costumava assistir antes de ir dormir, após uma sequência de títulos memoráveis que a TV Cultura exibia todas as noites. Ainda que o herói da trama seja o Tintin, o desenho é recheado de personagens carismáticos, incluindo seu fiel escudeiro e braço direito Milú (Milou em francês), um Fox Terrier branco muito inteligente, que vira e mexe salva o protagonista de enrascadas (ou o mete em umas *rs).

O desenho, de título original em francês “Les aventures de Tintin”, começou como uma série de histórias em quadrinhos criada pelo autor belga Georges Prosper Remi, mais conhecido por seu pseudônimo Hergé. O herói das séries (Tintin) é um jovem repórter investigativo e viajante. Ele é auxiliado em suas aventuras desde o início por seu fiel cão Milu, que frequentemente “fala” com o leitor/telespectador por meio de seus pensamentos, e, por diversas vezes, é tido como mais “racional” que o próprio dono. Assim como o Capitão Haddock (outro personagem bastante corriqueiro), Milu também é bem chegadinho em um whisky Loch Lomond, e suas ocasionais “bebedeiras” e aracnofobia vivem os colocando em perigo. Os dois apareceram pela primeira vez em 10 de janeiro de 1929, no Le Petit Vingtième, um suplemento do jornal Le Vingtième Siècle destinado ao público infantil.

Esta série era publicada em semanários e, ao término de cada história, os quadrinhos eram reunidos em livros (23 no total, em 2008). Ela ganhou uma revista própria e foi adaptada para versões animadas, para o teatro e para o cinema. É uma das histórias em quadrinhos européias mais populares do século XX, foi traduzida para mais de 50 diferentes línguas e chega à invejável marca de mais de 200 milhões de cópia vendidas.

A história sofre diversas influências da Segunda Guerra Mundial e da invasão da Bélgica pelos exércitos de Hitler. Tais elementos podem ser nitidamente percebidos em alguns personagens que ocasionalmente aparecem, inclusive no formato de vilões. Se você quiser se aprofundar nas influências históricas que permeiam o desenho, acesse o link do Wikipedia http://pt.wikipedia.org/wiki/As_Aventuras_de_Tintim#Descri.C3.A7.C3.A3o que carrega um panorama bastante completo do contexto histórico.

A conclusão das aventuras de Tintim não foi realizada. Hergé morreu em 3 de março de 1983 e deixou a 24ª aventura, “Tintin e a Alph-Art“, inacabada. Entretanto, rolam rumores de uma possível produção de filmes em 3D. Em novembro de 2002, a Dreamworks comprou os direitos cinematográficos de toda a série. Em 15 de maio de 2007, Steven Spielberg e Peter Jackson oficializaram a realização de uma trilogia adaptada das histórias. De acordo com a revista Variety, a equipe de Jackson já produziu um piloto de vinte minutos como demonstração.

2 comentários em “Estrela Canina – Milú (As Aventuras de Tintin)

  1. O Milu não era ruim… mas nem se compara ao Bandit do J. Quest… o desenho, não a banda… esse sim era o cara… o que me lembro de Tintim era que o Hastapopulos tinha um capanga com o meu nome… deprimente.

    1. Calma querido…. eu ainda chego lá!! Tenho várias estrelas para postar nesse blog! rs. Só comecei pelo Milu pq amava o desenho hehe. Tks pelo coment. Bj

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s