De bem com o bolso: Plano de Saúde para Animais!

Tudo começou em uma sexta-feira, quando eu conversava com meu chefe a respeito de seus cães. Ele me narrou que uma de suas cachorrinhas havia passado muito mal no dia anterior, apresentando diarréia e vômito. Sendo o dono responsável que é, levou-a direto ao veterinário. Na brincadeira, entre exames, consultas e remédios, gastou um dinheiro razoável.

Hoje, disse-me que outra de suas cachorrinhas apresentou o mesmo problema durante o final de semana. Resultado: uma segunda corrida ao veterinário. Seu zelador o avisou que um surto de virose está ocorrendo na região onde ele mora. Seja por essa ou por qualquer outra razão, o fato é que, em um final de semana, ele gastou em torno de R$1000 para garantir a saúde de suas criaturinhas fofas. Tudo bem que no momento crítico a última coisa em que pensamos é no dinheiro. Mas, convenhamos, um episódio desses faz um rombo bastante inesperado no orçamento do mês.

Luigi... a bolinha de pêlos da Karina

Por essas e outras resolvi escrever hoje sobre os Planos de Saúde para Animais. Confesso que eu não tenho uma experiência própria com esse tipo de serviço. Minha única referência é minha amiga Karina Corsi, que decidiu proteger seu querido Yorkshire, Luigi, com a cobertura do plano. Aparentemente, esses planos são bastante semelhantes aos dos humanos, com direito a carteirinhas, consultas, internação hospitalar, exames de laboratório, estética e acupuntura (muito recomendada pelo Cesar Millan, por sinal).

São diversas as categorias de planos oferecidas, que se diversificam conforme o prazo de carência, a cobertura dos serviços e os preços cobrados. Há desde os mais simples, oferecidos pelas clínicas veterinárias aos seus clientes, aos mais sofisticados, que cobrem vastas regiões e carregam diversos médicos credenciados. Um plano básico dá direito a consultas, vacinação anual, atendimento de emergência 24h e serviço funeral. Nos mais caros entram, além dos itens já citados, os exames laboratoriais, cirurgias, radiografias e internações. Em complemento, o cliente pode ter descontos em parceiros da rede, que barateiam os custos de banho e tosa, transporte (taxidog), adestramento e hospedagem em hotéis para cães.

Para quem tem medo de ter um animal por conta dos gastos imprevistos com saúde, esse pode ser um bom caminho… sem contar que a adesão a esses planos poderia minimizar a quantidade de animais abandonados por donos que não tem uma real noção do quanto pode custar ter um cão… e, quando descobrem que pode haver “rombos” como esses, se desesperam e largam o animal por aí. A Veja colocou uma tabelinha legal sobre a estimativa de gastos que os donos de animais podem ter (veja matéria completa aqui):

“Uma estimativa de veterinários para o gasto médio anual com um gato e um cachorro de tamanho médio (cães de grande porte custam pelo menos 30% a mais).”

*Quadro criado pela Veja

Parece se tratar de um negócio bastante vantajoso. Convenhamos, os animais também precisam passar por check-ups anuais e ter o sossego de um plano desses parece bem tranqüilizador para os bolsos. Como eu nunca usufruí desse tipo de serviço, não falo por causa própria (infelizmente, o sítio onde meus cachorros estão não tem cobertura). Já a Karina parece ter uma opinião bastante favorável: “Eu acho bem vantajoso, porque posso fazer alguns exames e o número de consultas que precisar, e tem alguns planos que são também válidos para internação e cirurgia.” Caso você, leitor, já tenha se utilizado desse tipo de serviço, por favor, deixe seu comentário e nos diga como tem sido sua experiência com o plano.

Fala sério... o Luigi não parece um bichinho de pelúcia? *-*

Agora, como se não bastasse o Plano de Saúde, os bichinhos também podem contar com seguro-saúde. De acordo com matéria de Flávia Furlam, no Brasil Econômico, publicada em 17 de julho de 2011 (vide aqui), a empresa Aon Affinity estréia na área de seguro-saúde para pessoas e animais no país, trazendo a primeira apólice desse estilo em parceria com a seguradora PetPlan, que tem mais de 1 milhão de animais segurados no exterior. A empresa quer atingir os 30 milhões de donos de cães e 10 milhões de donos de gatos, que fazem o setor de pets faturar cerca de R$10 bilhões por ano. O seguro será vendido durante o segundo semestre em São Paulo e se expandirá, no próximo ano, para o restante do país. As vendas, a princípio, serão on-line, com finalização nos 140 veterinários cadastrados, que colocarão um chip nos animais.

A modalidade oferece cobertura para acidentes, doenças congênitas e hereditárias, atendimento domiciliar e auxílio funeral. A empresa oferece quatro tipos de planos – ambulatorial, hospitalar, completo e top -, com mensalidade de R$ 59 a R$ 120. Nos mais completos, há inclusive tratamento odontológico.

O produto está disponível para animais de quatro meses a oito anos, idade máxima para adesão. Donos de animais obesos podem pagar mais. Quem tem mais de um cachorro, no entanto, pode contar com descontos que podem chegar a 10% do valor do seguro.

Confira, abaixo, algumas empresas que prestam os serviços de plano de saúde para animais no Brasil. Por via das dúvidas, não se esqueça de consultar o Conselho Federal de Medicina Veterinária (www.cfmv.org.br) ou o conselho regional de cada estado sobre o plano antes de aderir.

MISTER SAÚDE ANIMAL

Área: até 200 quilômetros em torno da cidade de São Paulo

www.mistersaudeanimal.com.br

DOG LIFE

Área: Belo Horizonte e região

http://www.doglife.com.br/

INPA

Área: Rio de Janeiro (capital)

http://www.inpa.com.br/plano_de_saude/plano_de_saude.htm

VETPLAN

Área: Ribeirão Preto e região

www.vetplan.com.br

Referências: http://veja.abril.com.br/260105/p_100.html ; http://www.mulherdeclasse.com.br/PlanoSaudeAnimal.htm ; http://www.segs.com.br/index.php?option=com_content&view=article&id=43546:-aon-estreia-em-seguro-saude-para-pessoas-e-animais-no-pais&catid=45:cat-seguros&Itemid=324

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s