AGILITY… uma história complicadinha de contar…

Bueno, já explicamos um pouco do que se trata o Agility (leia aqui). Mas… como foi que tudo começou?

Eis que temos a explicação! *rs. Para quem se interessa pelo esporte, segue um pouco de sua origem. Espero que o texto não tenha ficado muito complicado. Não foi uma tradução fácil de se fazer ¬¬.

A História do Esporte no Reino Unido

Imagem by Getti Images *rs

A primeira aparição documentada do Agility foi como um entretenimento no Crufts Dog Show em 1978. John Varley, membro do comitê do show em 1977, foi encarregado de criar uma apresentação para o público que os entretesse durante os intervalos do show. Varley teria pedido assistência ao treinador Peter Meanwell e eles apresentaram um percurso de salto muito semelhante ao que é feito no mundo equestre, a fim de demonstrar a velocidade e a agilidade natural dos cães. Muitos dos obstáculos hoje bastante conhecidos dos treinadores já haviam aparecido naquela época.

Entretanto, o jornal “Our Dog” relatou que Meanwell teria testemunhado ou participado de uma competição semelhante a descrita acima em uma feira agrícula em 1974, antecipando a data divulgada sobre o início do Agility no mundo. Alguns relatos orais (e não documentados) dizem que houve, também, uma demonstração anterior a esta com semelhante intensão, usando artigos de playground, como gangorra e túnel. Outras versões atribuem os obstáculos usados nas exposições ao time de demonstração canina da Força Aérea da Polícia Real, que apresentaram várias exibições sobre o treinamento de cães policiais da RAF ao longo do país.

Na demonstração do Crufts, em 1978, vários donos de cães se sentiram imediatamente intrigados pela atividade por conta da velocidade, do desafio e da destreza exibida pelos animais. As pessoas não só queriam ver mais, como desejavam ver seus próprios cães participando. A manifestação foi tão popular que passou a crescer primeiro localmente, depois nacionalmente e, por fim, a nível internacional, gerando competições cada vez mais padronizadas. Em 1979, diversos clubes de treinamento britânicos estavam oferecendo treino ao novo esporte de agilidade canina até que, em dezembro desse mesmo ano, a primeira competição de Agility foi realizada no International Horse Show em Olympia, Londres.

Em 1980, o Kennel Club (KC) foi a primeira organização a reconhecer o Agility como um esporte oficial com um conjunto de regras sancionadas. E o primeiro teste a ser realizado sob as novas regras ocorreu no evento da equipe da Crufts naquele mesmo ano. A competição foi julgada por Peter Meanwell, com Peter Lewis como escrevente. Peter Lewis e John Gilbert foram personagens importantes na divulgação do esporte em toda Europa e ao redor do mundo. Em 1983 fundou-se o Agility Club, o primeiro clube nacional de Agility no Reino Unido, e a Agility Voice, primeira revista sobre o assunto.

Durante os anos iniciais, os cães menores não foram bem recebidos no processo, pois o competidor teria que pular as mesmas 30 polegadas de altura que os cães grandes faziam. Isso começou a mudar durante o início dos anos 80, com classes que foram introduzidas para o grupo de Mini cães (até 15 polegadas na altura do ombro, saltando 15 polegadas também), executando a primeira competição para essa categoria no Olympia, em 1987. Classes para cães Midi (15-17” no ombro, saltando 20”) foram introduzidos nos anos 90, mas apenas em 2005 eles ganharam sua própria competição no Olympia.

Em 1992, a primeira semana de um show de Agility (“Dogs in Need”, em ajuda a instituições de caridade canina) foi realizada em Marlvern, na Inglaterra, com um total de 885 cães inscritos e 5.879 entradas de classe. “Dogs in Need” é agora uma das várias semanas de shows de Agility do Kennel Club que são realizadas todo ano. O esporte tem crescido no Reino Unido ao ponto de o mais popular KC ter regularmente 10 ou mais exibições em seus circuitos por dia, com até 450 rodadas em cada circuito (ou mais, se houver 2 juízes usando o mesmo circuito).

Ao longo dos anos 90, o Agility do Reino Unido foi dominado pelo Kennel Club, com os shows do KC sendo os únicos amplamente divulgados. Essa situação finalmente começou a mudar em 2003, com o aparecimento de exibições sendo executadas pelo East Midlands Dog Agility Club (EMDAC). O KC tentou defender seu monopólio antes de aceitar que os clubes e organizações fora de sua jurisdição também tivessem o direito de fazer exibições de shows sem se sentirem ameçados de sofrer qualquer retalhação por parte do KC contra os membros e competidores de seus próprios clubes.

Essa decisão levou a um aumento na quatidade de shows de Agility exibidos por organizações fora do Kennel Club ao final de 2003. Muitos foram (e ainda são) realizados por clubes independentes como eventos exclusivos, mas uma pequena quantidade de organizações especializadas começou a surgir, incluindo UK Agility, Agility Addicts e It Barks, todos fundados em 2004. Em 2006, o EMDAC lançou a British Agility Association (BAA). Além de proporcionar aos concorrentes do Agility uma gama maior de tipos de programas que podem participar, esses shows tem atuado como um catalisador que incentiva ao Kennel Club rever as suas próprias regras de Agility e a sua atitude para com o esporte.

No Brasil

Apesar de recente, o Brasil já conta com diversas equipes e há um interesse cada vez maior em seu desenvolvimento, o que tem gerado ‘classes’ de adestramento que buscam, como objetivo final, a prática do Agilty.

A primeira competição oficial de Agility no Brasil aconteceu na Água Branca, em SP, em Novembro de 1998. Além da competição ‘nacional’, em que a participação de todos os cães (com ou sem pedigree) era permitida, houve também uma prova pan-americana. Nesta prova apenas os cães com pedigree puderam participar.

Fontes: http://en.wikipedia.org/wiki/History_of_dog_agility ; http://pt.wikipedia.org/wiki/Agility ; http://www.dogtimes.com.br/agility.htm

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s